Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Mais de 30% das mortes por Covid-19 são de jovens em Três Lagoas - Difusora FM 99.5

Fale conosco via Whatsapp: +55 67 9 9249-9001

No comando: Coração Sertanejo – Apresentação Nando Batista

Das 05:00 às 7:00

No comando: Ranchinho da Serra – Apresentação Pedra Branca

Das 07:00 às 08:00

No comando: Difusora Notícias – Apresentação Henrique Ferian

Das 07:00 às 08:00

No comando: Ooo de Casa – Apresentação Nando Batista

Das 08:00 às 11:00

No comando: Tribuna Livre – Apresentação Henrique Ferian

Das 11:00 às 12:00

No comando: Difusora nos Esportes – Apresentação Nenê Veloso

Das 12:00 às 13:00

No comando: Gospel

Das 12:00 às 13:00

No comando: Difusora Show – Apresentação Carol Kozara

Das 13:00 às 16:00

No comando: Vai de Carona – Apresentação Henrique Ferian

Das 16:00 às 18:00

No comando: Mix Difusora – Playlist Musical

Das 19:00 às 20:00

Mais de 30% das mortes por Covid-19 são de jovens em Três Lagoas

Três Lagoas já contabilizou 125 mortes por Covid 19 desde o primeiro dia de 2021, mais do que o dobro dos casos registrados durante todo o ano de 2020.

De acordo com dados do boletim epidemiológico divulgado diariamente pela Secretaria Municipal de Saúde, a porcentagem de vítimas fatais com idade entre 26 e 59 anos aumentou em relação ao ano passado. Em 2020 o quantitativo de óbitos nesta faixa etária representava 21% do total, já este ano os números apontam que 34% das mortes já registradas são de pessoas mais jovens.

Desde o início da Pandemia em Mato Grosso do Sul, Três Lagoas registrou 56 mortes de pessoas com idade até 59 anos , 30,2% dos 185 óbitos confirmados pela doença.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), a nova variante é mais contagiosa na população jovem. Autoridades em saúde alertam que a doença não acomete somente pessoas idosas ou que possuem comorbidades, mas também cidadãos saudáveis e jovens.

É possível que o cidadão esteja infectado pelo vírus da Covid-19, caso apresente os seguintes sintomas:

  • Febre
  • Tosse seca
  • Perda do olfato
  • Perda do paladar
  • Falta de ar
  • Dificuldade para respirar
  • Dor ou pressão do peito

Orientações

A SES afirma que o isolamento social; o uso de máscara e álcool gel e a higienização das mãos com água e sabão são medidas imprescindíveis para conter a propagação do novo coronavírus.

Pessoas que apresentarem febre, tosse seca ou dor de garganta devem permanecer em isolamento por 14 dias e procurar uma unidade básica de saúde mais próxima.

“Qualquer sintoma, não importa sua idade, se você é uma criança ou idoso. Vá a uma unidade de saúde”, pede a secretária adjunta.

“A doença tem comportamento diferente de pessoa para pessoa. Procure atendimento médico”, acrescenta.

“É importante o isolamento, uso de máscara, a proteção individual e a diminuição das aglomerações. A pandemia não passou. Vidas estão sendo perdidas todos os dias”, apela Azambuja.

É importante ressaltar que mesmo já imunizado, o paciente demora cerca de um mês para criar imunidade contra o vírus, por isso, é aconselhado o uso de máscara, higienização das mãos e distanciamento social.

Deixe seu comentário: