Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

MDB confirma Simone Tebet como candidata do partido à presidência do Senado - Difusora FM 99.5

Fale conosco via Whatsapp: +55 67 9 9249-9001

No comando: Coração Sertanejo – Apresentação Nando Batista

Das 05:00 às 7:00

No comando: Ranchinho da Serra – Apresentação Pedra Branca

Das 07:00 às 08:00

No comando: Difusora Notícias – Apresentação Henrique Ferian

Das 07:00 às 08:00

No comando: Ooo de Casa – Apresentação Nando Batista

Das 08:00 às 11:00

No comando: Tribuna Livre – Apresentação Henrique Ferian

Das 11:00 às 12:00

No comando: Difusora nos Esportes – Apresentação Nenê Veloso

Das 12:00 às 13:00

No comando: Gospel

Das 12:00 às 13:00

No comando: Difusora Show – Apresentação Carol Kozara

Das 13:00 às 16:00

No comando: Vai de Carona – Apresentação Henrique Ferian

Das 16:00 às 18:00

No comando: Mix Difusora – Playlist Musical

Das 19:00 às 20:00

MDB confirma Simone Tebet como candidata do partido à presidência do Senado

A senadora três-lagoense Simone Tebet será a candidata do MDB à sucessão de Davi Alcolumbre (DEM-AP) na presidência do Senado. A definição saiu na tarde de desta terça-feira (12).

Tebet é a atual presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), ela já havia tentado concorrer à presidência da casa em 2019, mas foi preterida em favor de Renan Calheiros (AL).

O principal adversário de Tebet é Rodrigo Pacheco (DEM-MG), que tem o apoio do PSD, PT, Pros, Republicanos, PL e PSC (32 senadores). Para ganhar é preciso ter 41 votos.

Simone vem aglutinando apoios fora da bancada emedebista. O endosso de integrantes do grupo suprapartidário “Muda Senado”, que reúne parlamentares de legendas como Podemos e Cidadania, pesou a favor da sul-mato-grossense. Além disso, a debandada do PT para o lado de Rodrigo Pacheco (DEM-MG), candidato preferido de Jair Bolsonaro (sem partido), também contribuiu.

 

Se conseguir, Simone Tebet se tornará a primeira mulher a assumir o comando do parlamento, alem de realizar seu sonho de repetir feito do pai dela, ex-senador Ramez Tebet, que foi presidente do Senado Federal do Brasil entre 2001 e 2003. Ramez faleceu em 2006.

 

 

Deixe seu comentário: